E assim se vai, com carinho, a solidão de quem vive só

O Voluntariado do Hospital da CUF, que connosco também colabora, juntou esforços e ofereceu-nos fraldas e artigos de higiene. Bem hajam. Eis parte da história à volta desta oferta, que nos foi contada por uma voluntária.

Ontem, sábado, fui a casa da Dona G. Estava lá em casa uma Sra. que de vez enquanto lhe vai arranjar o cabelo. Entreguei-lhe algumas fraldas e produtos de higiene. Ficou muito contente.

Mostrou-nos a Folha Informativa que guarda com carinho, acerca da nossa ida ao Rivoli, ver o espetáculo “O melhor de La Féria”.  Estamos lá numa fotografia, à entrada do Rivoli, a Da. G., nós e outros beneficiários. Também nos mostrou fotografias da família e falou-nos muito acerca da “margarida” e do “Jojo”, uma galinha e um garnisé, animais de estimação dos quais não se esquece.

Falou-me dos voluntários da ACA-DP que a visitam e mostrou-me a lista de números de telefone que tem na cabeceira da cama, para lhes falar sempre que precisa.